Crise do Combustível

Publicado: 08.03.2012 em caminhoneiro, Combustível, crítica, Greve, Notícia
Imagem

A Justiça determina o retorno dos caminhoneiros sob a ameaça de cobrança de multa de R$ 1000.000 (um milhão) para os sindicatos que lideram o movimento. O grande problema é que a justiça afirma com essa atitude que independente da legitimidade das solicitações dos caminhoneiros, trabalhador tem que trabalhar insatisfeito e sem reconhecimento. 
Assim como está se tratando os policiais militares, que formulam movimentos para melhoria salarial, sendo hostilizados pelo governo que os obriga a reassumir as funções, para isso usam alguns “bodes expiatórios”, marginalizando perante a sociedade, excluindo da corporação, perseguindo e aterrorizando o cidadão atrás da farda. 
Imagem
Apoiando-se no regulamento, o governo pinta e borda com seus policiais, como porém, os trabalhadores que não são militares, não estão sujeitos ao regulamento militar, quem passa à função de rédeas? – A JUSTIÇA! 
O poder judiciário julga causa a favor dos líderes do governo, pois o povo, de onde emana o poder, que trabalha pelo desenvolvimento da sociedade, são a exemplo dos policiais, do mesmo modo marginalizados perante a sociedade, excluídos dos direitos sociais, perseguidos e aterrorizados atrás da função. 
Se a função tem peso gritante para garantir o direito de locomoção do cidadão de ir e vir, dê-se então a estes trabalhadores o devido valor, garantindo aos seus componentes o mínimo respeito, e não colocar uma canga e exigir que trabalhem como um jegue, carregando nas costas a irresponsabilidade e descompromisso daqueles que foram eleitos para suprir as necessidades e garantir os direitos de seus eleitores.
Imagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s