No Brasil das verbas sem sentido, se justifica o título de País do futebol.

Publicado: 21.03.2013 em Brasil, copa do mundo, futebol
Imagem
Finalmente entende-se porque o Brasil é o País do Futebol! Por anos tentava-se, ingenuamente,  associar o passe manquejante da nação ao honorável título, porém, são nas catástrofes de ordem natural que se compreende com maior amplitude esta titulação.
É o País do futebol, pois com uma região que sucumbe sem água, rebanhos que morrem de sede, lavouras que terminam na semente, e de homens que abandonam seu lar, Verbas demoram a ser liberadas, com a simples desculpa esfarrapada de que “o caso vão ter que estudar!“; Enquanto se estuda o quanto por cento se libera para o pobre sedento, a bacia leiteira não tem tempo nem para qualhar, o queijo fica com preço de ouro, e o leite do menino no balcão demora a chegar.
É o País do futebol! no contraste do clima, nessa grande extensão que domina, ao invés de seca vem chuva, que mata, machuca e derruba, sonhos e histórias de gente da serra, que sem culpa sepulta na terra de lama e entulho, tudo que o suor lhe custou pra comprar; e a Verba da chuva?  Se destina apenas um terço! como se dissesse: “Pra quê tanto dinheiro?“, aliás quem ela libera nem sabe o que é morar lá! Deixa a lama levar! “o voto já é meu por direito!” – diz o político batendo no peito, talvez pra pensar que essa batida traga o coração que um dia esteve lá.
É o País do Futebol! que despeja famílias inteiras, desprezando a dor e o futuro, Construindo apartamentos de luxo, no projeto do hotel que um empresário mandou botar lá. O Estado usa a Polícia, usa Tratores, com dinheiro que tais moradores colocaram para pagar, a Verba que custeia esse despejo da terra, da casa que um dia se chamou de meu lar.
Agora entenda o título de um País da seca da fome, da chuva do choro, do homem sem lar; que título é esse? é o País do Futebol! que sedia a Próxima Copa, que libera milhões em Verbas, que prorroga o prazo de entrega, e aumenta ainda mais a Verba… Nem parece o Brasil do Nordeste rachado no solo, do Sudeste que enterra seus filhos, do Estado que despeja seus Eleitores, é o Brasil do Futebol; não o futebol do Pelé, do Mané Garrincha, do Zico… é o Brasil da Verba do Futebol, a verba desafeiçoada com a nação, que afronta a fome, a morte e a segurança, que despreza a educação, que desmotiva a cultura, que desacredita da justiça, que massacra o trabalhador, que escraviza o chefe de família.
Mas é o País do Futebol! sorrisos, empregos, dinheiro… A verba chegando, as necessidades ficando, e os brasileiros marcados como gado, com data prevista para o abate, porém que não morram antes da Copa para que o espetáculo seja bonito para turista ver!
Imagem
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s