Arquivo da categoria ‘crítica’


BUSÃO


  • walter sandro
    (Foto: Igreja Templária de Cristo na Terra -ITCT)
    Auto-denominado apóstolo Walter Sandro da Igreja Templária de Cristo na Terra -ITCT)

Auto intitulado ‘Apóstolo’ Walter Sandro, é o mais novo líder religioso alvo de acusações de estelionato por ex-fieis e blogs na internet. Vítimas que afirmam terem perdido o seu dinheiro vêm à mídia para denunciar o suposto apóstolo.

Uma das vítimas, Ivonete Valentim, contou ao The Christian Post sobre seu drama com a Igreja Templária de Cristo na Terra (ITCT), que prega uma religião sincrética. Ela diz ter perdido uma quantia próxima à R$21 mil, valor que foi dado como investimento à igreja.

Ivonete tomou conhecimento da igreja através de um programa de Walter na rádio Mundial, em São Paulo. Separada, após um casamento de mais de 15 anos, a ex-fiel encontrou conforto nas palavras do suposto apóstolo e começou a frequentar sua igreja.

“Era bem distante da minha casa, já que eu morava no Jd. Arpoador (Butantã) e as reuniões eram no Ipiranga, mas eu ia quando era possível”, explicou ela ao CP.

A princípio, Ivonete levava seus filhos, mas disse que parou de levá-los porque estavam sendo maltratados em detrimento dos animais que estavam lá, onde o apóstolo dizia que era doação ou para proteção do ambiente.

Ela conta que durante o tempo em que frenquentou foi motivada a inventir R$ 21.000,00 no chamado “grupo de inventimentos”. Nesse grupo, as pessoas se reuniam para investir em negócios que idealmente gerariam emprego e rendas mensais para os mesmos investidores.

Segundo ela, o valor pago viria dos lucros e ainda, uma pequena parcela seria destinada a ajudar a animais e as pessoas carentes.

“O Walter Sandro sempre disse que era uma associação sem fins religiosos e que era aberto a todos que quisessem participar, que não se aceita discriminação de qualquer forma religiosa, sexual, financeira – e que uma das coisas mais importantes a ser observadas é que se tratavam de pessoas com o ideal de transformar este mundo num lugar melhor para se viver e que queriam se ajudar mutuamente – Cavaleiros Templários”, escreveu Ivonete ao CP.

Ivonete receberia cada dia 30 de cada mês, 5% do valor investido, ou seja, R$ 1050, mensais. Além disso, ela poderia pedir o resgates, caso não quisesse mais participar, desde que esperasse 45 dias contratuais.

Entretanto, a ex-fiel conta os pagamentos não eram no dia agendado e ela começou a acumular dívidas. Além disso, ela diz que pediu um adiantamento de R$ 1000 e seu valor caiu para R$ 1000/mensais.

“Não conseguia mais pagar o aluguel e as minhas despesas de água, luz, telefone, e nem comprar comida para mim e para meus filhos e eram várias pessoas me cobrando, porque eles não mais me pagavam”, afirmou.

Ivonete se aborreceu e pediu o resgate, mas não chegou a receber o seu dinheiro de volta. “Depois, a enrolação continuou até que me mandaram um acordo de confissão de dívida , onde me pagariam em 40 parcelas de R$ 500,00, que eu não aceitei e desde então não recebi mais nada.”

Ivonete conta que passou constrangimentos também ao comprar um curso de R$ 700, que não lhe foi completamente dado. Ela também decidiu vender doces, mas afirma que eles eram aceitos por baixo custo e vendidos por um valor bem mais alto.

“Quando levei as cocadas (a única vez) a senhora que me atendeu disse que era muito caro R$1,50, que o retorno seria mínimo (só poderiam ficar se eu lhe entregasse por R$ 1/unid, mas na minha frente ela comercializou a R$ 3/unid – me senti uma otária, acabei deixando o dinheiro com eles.”

Ivonete lamenta que muitas pessoas ‘estejam sendo enganadas’ e afirma que vai entrar com uma ação em São Paulo para reaver o seu dinheiro perdido.

Ela afirma que além de um edifício na Rua Leais Paulistanos, no Ipiranga e uma chácara nos arredores da Rod. Anchieta, a Igreja de Walter Sandro dispõe hoje de 51 salas de reunião em todo o país.

Um blog cristão encontra que Walter Sandro é descrito como “mais um potencial estelionatário”, que nada mais faz do que “juntar técnicas motivacionais, exoterismo e evangelho da prosperidade”.

Segundo o depoimento do blog de de Ivonete, Walter mistura diversas crenças dentro de sua igreja. Ele se diz um evangélico vindo da Congregação Cristã no Brasil; usa imagens e orações de santos e anjos “São Miguel” e “São Francisco” como um católico, inclusive vestindo-se de padre em uma ocasião; usa a figura de mestres ascensinados, com um líder da nova era; e finalmente se auto intitula grão mestre, como um maçônico.

Fonte: The Christian Post

Morre um Homossexual!

Publicado: 20.11.2012 em crítica, homossexualismo

Imagem

Quando um negro é assassinado ninguém investiga crime de racismo; quando um nordestino é morto, ninguém investiga se foi xenofobia; porque então todo atentado contra o homossexual é logo tratado como homofobia? ESTÃO CRIANDO UMA CIRCUNSTÂNCIA FALSA NA SOCIEDADE!

Fonte: Facebook

Imagem

Muito me admiro quando ouço de reuniões que tentam chegar a solução do problema do Pacto Pela Vida, quando este projeto não tem alcançado seus 2% na redução dos Crimes no Estado, que segundo campanhas e revistas, possui o melhor governador do Brasil… 

Acredito que o melhor Governador do Brasil está esquecendo que, apesar do avanço nas pesquisas, e aceitação dos eleitores, seu governo não é feito apenas da sua figura ilustre, pois depende desde o faxineiro que varre o chão que o Excelentíssimo pisa, até o alto executivo de suas pastas de governo;

O que pode alavancar os números do Pacto Pela Vida no Estado de Pernambuco é pagar o devido valor ao profissional servidor que lida diretamente na Segurança do Estado, mesmo que este não possua o salário necessário para garantir a própria segurança; Policiais Militares, que são esses tais Profissionais Servidores, estão sem receber o prometido PDS (Prêmio de Defesa Social), mas há rumores que os Comandantes de Batalhão receberam… se é verdade não sabemos, infelizmente não possuímos fontes que nos forneçam informações valiosas como essa com um assinatura embaixo;
Outro rumor é que as Cotas de POGV (Policiamento Ostensivo Geral Voluntário), sofreram uma alteração que irá afetar bruscamente os policiais que se escravizam  em troca deste trocado que o Estado joga nos pais de família da Corporação Policial Militar: Aumento e Diminuição… deixem-me explicar: Segundo comenta-se entre os Policiais Militares, O POGV extinguiu-se dando lugar a DIÁRIAS; Cada diária dessas custará para o estado R$ 120,00 (cento e vinte Reais), porém, cada Policial Militar só poderá tirar no máximo 08 (oito) e no mínimo 05 (cinco) de 8h00; Por média, se cada policial militar tirar cinco diárias, sairá no final do mês com mais R$ 600,00 (seiscentos reais). O Grande Problema é que o Governo fez um jogo malicioso de cobrir e descobrir, estica e encolhe, puxa e empurra…
Havíamos falado que o POGV Aumentou e Diminuiu; Caso os boatos que estão se espalhando no seio da tropa se confirme, aumentou-se o valor que se pagava (um dia do POGV custava em média R$ 33,00) juntamente com o aumento carga horária do serviço (o serviço de 6h00 passará para 8h00); consequentemente e diminuíram-se as vagas e a expectativa de lazer do policial; Isto poderá ser um fato porque, o policial que se voluntariar para a possível nova realidade do serviço extra, ficará a disposição da necessidade de policiamento da DGO! 

Assim sendo, os Policiais que odeiam o POGV terão a oportunidade de expurgar de suas vidas esse VÍCIO que em nada ajuda o desenvolvimento do profissional, pelo contrário, tiram-lhe a oportunidade de usufruir do convívio familiar e provar novas possibilidades e expectativas profissionais e pessoais; Os poucos (ou muitos!) que ainda se submeterem por força da necessidade, terão que suportar as cobranças desnecessárias à profissionais, por parte daqueles que desprezam a dignidade da pessoa humana.
O bom seria, de todo coração, que o POGV acabasse; necessitamos de uma regularização real no salário, e aumento e diminuição desses tipos de orçamentos extras, infla-nos de falsas expectativas que tende a colocar o Policial cada dia mais embaixo de um jugo social de desvalorização e exaustão da imagem do homem detentor do ofício Policial Militar.
O Poder delegado ao Policial Militar está defasado pelo mau zelo do Governo, por não cobrir este servidor de ferramentas que vão além das armas e viaturas; O PM precisa ser reconhecido, assim como os demais funcionários da alta cúpula do executivo, com salários que pagam realmente o esforço e o juramento de DEFENDER A SOCIEDADE MESMO COM O RISCO DA PRÓPRIA VIDA!

Tem evangélico que dá medo…

Publicado: 15.04.2012 em crítica


Por Marcelo Lemos


Hoje encontrei uma matéria triste no Genizah. Na verdade, dado o objetivo do site, sempre há algo triste para se ler. Talvez isso cause desconforto entre alguns, já que fazer apologia para dentro do Corpo, ou seja, denunciar os erros dos próprios evangélicos, sempre causa alguma dor. Dizer a um evangélico que ele errou é como lhe falar mal da mãe, pois parece que nos sentimos dotados de algum tipo de infabilidade quase papal. Mas, tenho uma matéria bem especifica em mente. Genizah publicou uma foto medonha, na qual um grupo de adolescentes evangélicos aparece zombando de um presépio. Essa foto, que parece tão piedosa em seu intento, me fala de ignorância, intolerância e presunção.






Primeiro a presunção. No céu não haverá apenas cristãos, me parece que na mentalidade dos evangélicos as ruas celestiais serão povoadas apenas pelos evangélicos e, em muitos casos, por evangélicos denominacionais. Não basta ser cristão, é preciso ser evangélico; porém, ser apenas evangélico não é suficiente, para ter mais chances, é necessário ser evangélico de certo tipo. Qual tipo? Alguns parecem imaginar que o céu será dos assembleianos, dos batistas, outros que será exclusivo para os reformados… Essa mentalidade denominacionalista é perversa. Em primeiro lugar perverte o cristianismo. Em segundo lugar nos torna monstros. O personagem principal do livro Os Fantoches de Deus, de Morris West, chega à conclusão de que era demasiadamente duro ao julgar os outros cristãos, e mais propenso à caridade quando se deparava com erros em sua “família religiosa” (ele, no caso, um católico romano piedoso). É um risco que corremos, de achar que nossa tradição nos faz melhores que os outros, e assim confundimos as nossas tradições com a essência mesma do Cristianismo. Pode até ser que nossas tradições denominacionais sejam melhores, mais adequadas, ou até mesmo mais bíblicas. Porém, isso não nos faz melhores que nossos semelhantes. Não importa o quanto nossa tradição é bela, ou bíblica, continuamos sendo pecadores carentes da Graça de Deus, como todos os demais. Somos salvos pelas nossas tradições (pentecostalismo, credobatismo, salmodia exclusiva, etc), ou pela fé em Nosso Senhor Jesus Cristo?


Depois vem a ignorância e a intolerância. Essas duas andam quase sempre juntas. E, juntas, podem levar ao fanatismo. Para mim, um fanático é alguém cego, exceto para ver suas próprias qualidades, ou as qualidades de sua ideologia, sejam elas reais ou imaginadas. Por outro lado, o fanático é incapaz de ver os seus próprios erros, sempre arrumando alguma desculpa piedosa para seus deslizes e abusos (que certos evangélicos famosos não me deixem mentir, risos).


Recentemente tenho dedicado boa parte do meu pouco tempo ‘livre’ para colocar na rede uma TV online, que denominamos Basileia Tv. ‘Basileia’ é um nome muito apropriado, pois no grego significa “o reino”. O objetivo do nosso ministério é promover o reino, seja através da nossa pregação, evangelismo, ou no que fazemos na internet. Sendo um calvinista, alguém já questionou como eu poderia transmitir musicas de ‘pentecostal’, ou mesmo com algumas letras ‘arminianas’? Ou ainda pior: sendo um evangélico, como eu posso ter colocado na grade musical um ou duas musicas ‘católicas’? Minha resposta é bem simples, e não espero que todos concordem comigo: o Reino de Deus não pertence aos calvinistas, reformados e evangélicos. O Reino de Deus pertence aos cristãos. Em outras palavras, antes de ser calvinista, antes de ser anglicano, antes de ser reformado, sou um Cristão; antes das minhas tradições pessoais, Cristo! Evidentemente eu me guio por certos limites, mas isso não me faz cego para aquilo que há de belo nas outras tradições cristãs, mesmo que eu não concorde inteiramente com elas.


Por falar em presépio, no Natal passado, eu passei muitos minutos contemplando um maravilhoso presépio que foi montado em frente à Catedral da Sé, em São Paulo. Era um presépio maravilhoso, não só pelo tamanho, mas pelo material de que foi feito: papel reciclado. Ali, no coração de São Paulo, onde todos os dias a gente se depara com prostitutas, drogados, trombadinhas, e os ‘shows’ mais bizarros, por alguns dias, quase todos os olhares voltaram-se para a mensagem da Graça. Não me importa se aquele cenário da Graça foi montado por um católico romano, admirei o simples fato de ele estar ali, e de estar comovendo as pessoas. No entanto, boa parte dos evangélicos com os quais convivo, não apenas pareciam desejar que o tal presépio fosse consumido pelas chamas da Ira de Deus, como também desdenhavam aberta e publicamente da própria celebração do Natal! São em momentos assim que, apesar de saber que não há nada de errado com o termo, faço questão de dizer que “não sou evangélico”.


Entretanto, esse tipo de mentalidade bairrista não existe apenas em círculos pentecostais ou neo-pentecostais. Vejo isso por todos os lados. Dias desses, num debate teológico numa rede social, me surpreendi quando um “reformado” escreveu para um líder anglicano: “Cara, primeiro você vai tirar esse ídolo do seu perfil, arrepender-se de sua idolatria, para só depois eu conversar com você!”. Vejam, o “reformado” recusa-se a responder aos argumentos do outro, pelo simples fato de que este usava em seu perfil uma representação de Cristo usando um computador da Apple! A imagem, apenas uma representação artística e bem humorada, foi automaticamente identificada pelo outro como “ídolo” e “idolatria”! Isso é pura e simples cegueira! O fariseu sequer se deu ao trabalho de pesquisar o que é um “ídolo”, e muito menos o que caracteriza “idolatria”. Ele apenas viu uma representação de Cristo, e uma ira fanática o impeliu a gritar: Ídolo! Idolatria!


Eu gostaria de escrever tantas coisas a vocês! Termino com duas observações: não defendo aquilo que muitos chamam de “ecumenismo”, no sentido de unir todas as Igrejas, e deixando de lado a apologética, e a defesa da fé. Não se trata disso. Não quer dizer que eu não ‘brigue’ com católicos romanos, ou com arminiamos, sobre este ou aquele ponto de vista teológico. Que quer dizer então? Apenas isso: que apesar de nossas diferenças, a Salvação é pela Graça de Deus, ela é um dom imerecido, o que torna impossível sermos salvos por nossas opiniões e tradições! E tão importante quanto isso é dedicarmos algum tempo a conhecer melhor a história da Igreja, e a nossa surpreendente variedade e diversidade.


Parece-me estranho ver alguns pentecostais imaginando que o Cristianismo nasceu em Azuza Street, e alguns outros pensarem que isso de seu em Genebra… Amigos, nossa religião nasceu no primeiro presépio da História, com personagens de carne e osso, num casebre humilde em Belém. Hoje, quando vejo um presépio, com Jose, Jesus, os Magos e a Virgem, não sou tomado por qualquer impulso idolatra! Apenas olho e penso: Graça Maravilhosa, porque o Verbo se fez carne, e fez morada entre nós!




Marcelo Lemos, editor do Olhar Reformado, líder da Comunidade Anglicana Carisma, e colaborador do Genizah.

Fonte: Genizah

Imagem
 

Se arrependimento matasse, certamente esta postagem não estaria sendo lida pelo estimado leitor neste exato momento! Recentemente, adquiri um Notebook da famosa e renomada  empresa de computadores Dell, um Inspiron 14R 3260 N4110, CORE I7 turbo booster 2.0, 6GB RAM 1 GB DE VÍDEO DEDICADA, LEITOR DE BLU RAY, 750 GB DE HD.

Figura 01
A primeira vista é de encantar qualquer coração que ame informática, esperando-se desse Notebook, no mínimo, agilidade nas respostas, sem travamento, e maior conforto para o usuário/proprietário… entretanto, a maior emoção que ele pôde até o momento foi raiva! e caso o autor dessa postagem sofresse alguma cardiopatia, com certeza já teria tido um infarto devido a diversos fatores.

Pasmem, a máquina que citei acima TRAVA, POSSUI LONGO TEMPO DE RESPOSTA PARA ABRIR PROGRAMAS, NÃO CONSEGUE EXECUTAR O FIREFOX, NÃO CONSEGUE ABRIR PASTA SEM QUE PARA ISTO DEMORE UM PROCESSAMENTO INCOMUM A SUA CONFIGURAÇÃO, e além de tudo isso DÁ CHOQUE! este último fato realmente é um incomodo, pois se o equipamento estiver conectado a minha TV através do cabo RGB, ou se precisar conectá-lo a fonte para suprir sua necessidade de energia, pode se equipar primeiramente com material isolante, caso contrario, vai sentir um leve desconforto ao encostar nos detalhes cromados próximo ao teclado, e se colocá-lo sobre seu abdome, a tela de proteção dos caixinhas irão interagir com seus elétrons!
Figura 02
Bem, fiquei tranquilo,pois apesar de tudo isto, “EU COMPREI UM DELL” e como se é sabido, todo usuário de Computadores Dell, contam com um atendimento domiciliar no próximo dia útil, pois isto é uma “EXCLUSIVIDADE DELL”, como está bem destacado na etiqueta de configuração (ver  Figura 01). O problema que isto não passa de propaganda enganosa, pois fazem exatas 72 horas que contactei a Dell sobre os problemas relacionados acima, e neste período, não tive nenhum retorno da Empresa, quando liguei para saber o que se passava, fui informado que a Dell Brasil NÃO POSSUI A PEÇA QUE PRECISA PARA TROCA NO MEU EQUIPAMENTO, POIS ESTA VIRIA DE OUTRO PAIS, E A DEMORA É MAIOR, Que seja! mas que não deixem o cliente com a cara de tacho esperando por umas 24 horas de fantasia!

Não Comprem Computadores Dell, nunca pensei falar isto, pois um Dell sempre fora meu sonho de consumo no que abrange termos de Notebooks, hoje é o meu real pesadelo! Comprem qualquer outra marca, comprem um Netbook Philco, que minha esposa usa há mais de um ano e nunca deu problema e funciona muito bem na expectativa de desempenho dentro de sua configuração, mas não comprem a marca que adquiri, pois as configurações não são suficientemente boas para garantir o desempenho perfeito de uma marca fantasiosa como a Dell.

P.S-> Enquanto escrevia esta postagem, o computador travou duas vezes, alguém tá afim de comprar esta carcaça? só tem dois meses de uso.

Imagem

A Justiça determina o retorno dos caminhoneiros sob a ameaça de cobrança de multa de R$ 1000.000 (um milhão) para os sindicatos que lideram o movimento. O grande problema é que a justiça afirma com essa atitude que independente da legitimidade das solicitações dos caminhoneiros, trabalhador tem que trabalhar insatisfeito e sem reconhecimento. 
Assim como está se tratando os policiais militares, que formulam movimentos para melhoria salarial, sendo hostilizados pelo governo que os obriga a reassumir as funções, para isso usam alguns “bodes expiatórios”, marginalizando perante a sociedade, excluindo da corporação, perseguindo e aterrorizando o cidadão atrás da farda. 
Imagem
Apoiando-se no regulamento, o governo pinta e borda com seus policiais, como porém, os trabalhadores que não são militares, não estão sujeitos ao regulamento militar, quem passa à função de rédeas? – A JUSTIÇA! 
O poder judiciário julga causa a favor dos líderes do governo, pois o povo, de onde emana o poder, que trabalha pelo desenvolvimento da sociedade, são a exemplo dos policiais, do mesmo modo marginalizados perante a sociedade, excluídos dos direitos sociais, perseguidos e aterrorizados atrás da função. 
Se a função tem peso gritante para garantir o direito de locomoção do cidadão de ir e vir, dê-se então a estes trabalhadores o devido valor, garantindo aos seus componentes o mínimo respeito, e não colocar uma canga e exigir que trabalhem como um jegue, carregando nas costas a irresponsabilidade e descompromisso daqueles que foram eleitos para suprir as necessidades e garantir os direitos de seus eleitores.
Imagem


O pessoal do Cante as Escrituras tirou uma foto interessantíssima na cruzada evangelística do pastor Silas Malafaia em Fortaleza.

Na ocasião, nossos irmãos testemunharam uma multidão de pessoas comprando por singelos R$ 2,00 (Dois Reais), bandanas e gravatas com o nome do ex-bigodudo.

Segundo o pessoal do Cante as Escrituras, uma enorme quantidade de fãs compraram os apetrechos “malafalianos” demonstrando assim sua veneração ao polêmico pastor.

Prezado amigo, confesso que estou assustado com a idolatria evangélica! Sinceramente diante do que vejo sou levado a crer que alguns dos evangélicos estão ensandecidos. Ora, fazer bandanas e gravatas com o nome do Silas Malafaia é o cúmulo da idolatria.

Pois é, diante desta loucura manifesto a minha preocupação com o rumo da igreja evangélica brasileira. Lamentavelmente parte dos evangélicos está acreditando num evangelho absolutamente diferente do pregado por Jesus e pelos apóstolos.

Diante do exposto, resta-nos chorar diante do Senhor pedindo a ele que nos perdoe os pecados e mude definitivamente os rumos da Igreja de Cristo
Pense nisso!

Por: Renato Vargens

Disponível em: renatovargens

Até quando…

Publicado: 26.11.2011 em crítica, Devocional, Reflexão

Imagem
Até quando teremos que SUPORTAR estas patéticas disputas de poder clérigo e nos prostaremos a ouvir homens cada vez mais carnais, travestidos de espirituais, tapando as portas do inferno para aqueles seduzidos por suas promessas de enrriquecimento para preguiçoso, ou de curas xamanistas?
Como poderemos limpar a verdadeira fé cristã da indumentária sugestiva da hipnose, poder da mente, e de muitas outras seduções que foram semeadas através das últimas décadas, por verdadeiros mercenários, que irresponsávelmente trazem uma água que não é a palavra de Deus, mas um verdadeiro vetor de doenças imperceptíveis, porém cheio de traição, mentiras, engodo.
Como podemos chamar de vítimas àqueles que, movidos por sua própria ganância, se deixaram envolver com mentiras? Seria Eva também apenas uma vítima? ou como podemos eximir da culpa aqueles que vendo todo pano de fundo do atual cristianismo, calam-se e omissos, mordem do fruto proibido… Podemos tirar de Adão sua culpa por aceitar o erro de Eva? 
O Homem é enganado por sua paixão. Quantos orgulhosos, buscando uma autoexaltação, SE UNGIRAM, Bispos, Apóstolos, Pai-póstolo, Patriarca, e a última agora: Sua Santidade… Será que tais investiduras têem mudado a cara do Brasil? Não naquilo que é plausível e nescessário! Tais Mega-sacerdotes, cada vez mais mostram-se adornados com roupas de marcas conhecidas, com estilos diferenciados, Anéis, apartamentos, carros… e o seus romeiros cada dia mais vestindo os mesmos trapos, buscando os mesmos milagres, regando esta plantinha chamada CHARLATANISMO, maculando a imagem daquilo que conhecemos por Evangelho.
Amor ao invés de òdio! Perdão ao invés de Vingança! Cristianismo ao invés de Denominação!!! Na luta por fiéis rentáveis, rasgam a ética e o mais importante da Lei: A Justiça, a Misericórdia e a Fé. Tais Sumos Sacerdotes e Dúbios crentes deveriam de fato não fazer aquelas coisas e praticarem estas! Chega de teatro, de baixaria e de desamor!
Temas como a volta de Cristo, Santificação, Salvação, já não dominam os púlpitos evangélicos no Brasil, minutos preciosos que poderiam estar sendo usados para pregar o EVANGELHO PURO, estão sendo gastos com propagandas de (pseudo) milagres, venda de livros (pseudo) Cristãos, e divulgação de Contas Bancárias de instituições (pseudo) filantrópicas. Cristo não precisou de pseudos motivos para alcançar o mundo com sua mensagem, apenas fez a vontade do Pai, e libertou milhares das algemas que aprisionavam.


Bispo Edir Macedo – Igreja Universal do Reino de Deus, postou em sua conta no Youtube obispomacedo um vídeo com o título “Qual a diferença” no qual compara manifestações “causadas pelo Espírito Santo” com “recebimento de entidades em centros espíritas”.- Confira vídeo e comente…

O Bispo Edir Macedo, postou no dia 25/08/11 em seu blog um post que critica as doutrinas de igrejas pentencostais pela forma como elas estaria recebendo o Espírito Santo, ato conhecido como “cair no Espírito” e agora também com a publicação deste vídeo em seu canal no Youtube e seu blog volta a criticar o pentecostalismo.

No vídeo o Bispo Macedo traça um paralelo com as manifestações sincronizando algumas imagens de terreros de macumba e de igrejas evangélicas de denominações que não são da Igreja Universal. O título do vídeo e da publicação, “Qual a diferença?”, questiona se as manifestações das igrejas pentencostais para receberem o Espírito Santo de Deus e as manifestações dos terreiros de macumba para receberem entidades como o “tranca rua” ou “pomba gira” não seriam a mesma coisa.

Aos 23 segundos da edição, claramente é citado e comparado ao centros de macumbaria a imagem e o ministério do Pastor Marcos Feliciano e os Gideões Missionários da Última Hora, entidade ligada a Assembléia de Deus, além de outros famosos pregadores como Benny Hinn. 

Fonte: Odiário.com/inforgospel


http://1.bp.blogspot.com/_Wq4BwP70wXE/TNGNH1BWUNI/AAAAAAAAANE/oNbSLiLR_IY/s1600/F%C3%A1cil+e+dif%C3%ADcil.jpg
Add caption
Nada mais fácil do que amarrar cachorro com linguíça, enganar menino com doce, ou empurrar um bêbado de ladeira abaixo, certo? Errado. mais fácil que isso são os Governos Estaduais enganarem seus eleitores/contribuintes, com merchandises, falxsas promessas e ocultação de valores reais sobre o que acontece na adminitração pública.
Nada mais fácil do que aqueles que detém o poder de solucionar as necessidades do povo, de se omitirem por três anos e meio e depois de seis meses de campanha baseada em utopias, conquistar mais um mandato de omissão e irreponsabilidade;
Nada mais fácil do que o segundo mandato, que desobriga o político de atuar como deveria, ou como prometeu, já que não pode se eleger, faz o que quer, não faz o que precisa e deixa todos, inclusive seu sucessor, a ver navios, com dívidas inexplicáveis e rombos maiores que todos os bolsos que pagam seus tributos;
Nada mais fácil que cercar-se de armas, contra a população que o colocou no poder, negar-se ao dever de atender seus funcionário, em suas reevindicações de melhorias, e depois conceder aumento tanto a si, quanto aos que em câmaras, decidem pelo bem que se podem fazer a si mesmo. Nada mais fácil de aterrorizar a vida de quem presta serviço a população por condições legitimas, quem lida com o problema em primeiro grau, e que ao fim de cada trinta dias, não ter o que oferecer aos de sua família.
Nada mais fácil que maquiar a Educação, sucatear a Saúde, negligenciar a Segurança, e depois jogar a responsabilidade de sua má administração nos famigerados Funcionários Públicos, concursados, prisioneiros de um cargo/função, compromissados com o povo, porém sem poder de decisão.
É fácil fechar os olhos para não ver, tapar os ouvidos para não escutar, e por as mãos nos bolsos para não apoiar quando se precisa abraçar, mais do que falar, agir, mais do que prometer, contruir, mais do que projetar, ser verdadeiro, ao invés de ser ilusão. Fácil, extremamente fácil. 
O difícil, e que ninguém se preocupa em fazer, é seguir a ética, o compromisso social, a reponsábilidade política, a moral, os bons costumes, é deixar de lado a demagogia, a hipocrisia, a irreponsabilidade e acima de tudo, arrancar do conceito moral a desumanidade. 
É difícil olhar para uma criança, o futuro da nação, e saber que, depedendo dos nossos representantes políticos, seguindo os moldes atuais, a esperança é uma lenda, uma mentira, uma covardia que contaram para uma mente pura e sadia, que nada mais é que vítima desta sociedade iludida e que se deixa iludir por estes vendedores de sonhos e mentiras, ladrões de futuros e esperanças, que desaparecem e voam nas asas da ipunidade.

SERÁ QUE HE-MAN ESTAVA FALANDO DA TEOLOGIA DA PROSPERIDADE E DAQUELES QUE PRAGMATIZAM O EVANGELHO???????

Se Jesus fosse neopentecostal, não venceria satanás pela palavra, mas teria o repreendido, o amarrado, mandado ajoelhar, dito que é derrotado, feito uma sessão de descarrego durante 7 terças-feiras, aí sim ele sairia. (Mt 4:1-11)
.
 Leia mais em VeSHAME Gospel, Vale a pena ler isto!

 

 

 

Fonte: VeSHAME Gospel


>

https://gregoriojrdotcom.files.wordpress.com/2011/06/resgatedana25c325a725c325a3o20114.png
Imagem

Em um dos poucos recantos confiáveis do mundo litúrgico-informativo-eletrônico-Cristão (também conhecido como BLOGOSFERA GOSPEL), estava tentando não me surpreender com nada do que eu visse naquele espaço (Genizah virtual), pois considero o autor deste blogue como a atual VOZ DO QUE CLAMA NO DESERTO, combatendo aquilo que todo mundo vê mas nínguem tem coragem de denunciar;
Como estava falando, estava TENTANDO não me surpreender com nada, mas como sempre, diante das PÉROLAS que encontro alí, uma cena me chama a atenção: VI UMA FADA no 12º Congresso de Resgate da Nação do Terra Nova!
A imagem foi a mais cômica que já vi em um congresso cristão, TODO DE BRANCO, ASAS RELUZENTES, ROSTO BRILHANDO MUITO MAIS QUE A LUZ DO PALCO ONDE SE APRESENTAVA… não prestei atenção em mais nada! nem nos anjos, arcanjos, escravos, etc… A FADA BRILHOSA chamou minha atenção!
Sinceramente, tanta pompa ofusca o verdadeiro brilho do evangelho… Agora entendo porque tem gente que afirma que Terra Nova é um gênio, só pode! ao invés de milagres (que requer uma vida com Deus) faz truques, no lugar da verdade (que é a Palavra) conta anedotas, e ao invés de servos que dão a vida pelo evangelho (que se deixam gastar por amor dos irmãos) contratam artistas, fadas e gnomos, para prender as atenções e surpreender as mentes vazias.
Acho que este Pai-póstolo tá criando muito mais que filhos, está produzindo zumbis, verdadeiros mortos vivos que fazem tudo que o Chefinho mandar.

Imagem

>

https://gregoriojrdotcom.files.wordpress.com/2011/02/interessante.jpg?w=267
Imagem
Quando analisamos os cultos evangélicos brasileiros, percebemos que os ‘pulpiteiros’ de plantão, os animadores de púlpito, estão cercados de pessoas em busca de um entretenimento ou um passatempo que lhe proporcionem conforto e relax diante do stress diário e da iminente condenação aos pecados que a Bíblia desnuda diante dos olhares mais cautelosos.
De certo modo, existe aí uma relação de mútuo parasitismo, pois ambas as partes se aproveitam dos interesses demonstrados, e assim cercam-se de vampiros, ao mesmo tempo que são cercados por eles; Tais ‘humoristas de igrejas’, sobem em seus ‘palcos’, diante de uma platéia narcisista, que espera ter seu ego massageado, confortado e satisfeito, pelo ‘número’ que se dispuseram a assistir durante quase duas horas de ‘show’;
Para atender a exigência da ‘platéia’, vale tudo, desde Pranchas de Surf, até Rings de Luta Livre,  Batismos coletivos em Toboáguas Gigantes, e até Sangue cenográfico para encenar um ‘pacto’, entre o cliente e sua ‘idéia de Divindade’ ao som de muito Rap, Funk, ou quem sabe algum som destes populares, o que interessa portanto é o ‘sorriso’, as demais coisas, não interessa se vão ser acrescentadas!
Quando partimos para a realidade mais fundamentalista (este fundamentalismo não se refere ao fundamentalismo bíblico), Profetas alucinados, ditando normas de comportamento, trejeitos de religiosidade, e até um certo ‘evangéliquês’ fielmente repetido pelos obreiros mais ninfetos daquela classe de ‘cristãos’; é o evangelho do EMPIRISMO, onde o que vale é a experiência, não a letra, pois segundo tais pregadores, A BÍBLIA MATA, mas o ESPÍRITO do pastor fulano vivifica! ALELUIA IRMÃO.
 
Ai de vós fariseus! Hipócritas! que atravessais o oceano em busca de novos adeptos, e quando conseguem, tornam esses duas vezes mais merecedores do inferno do que vocês mesmos! Dão tanta importância ao ritual, mas desprezam o mais importante dele: a Justiça, a Misericórdia e a Fé!(Mt 23: 15, 23).
É duro ter que admitir que este show de humor e diversão não termina com um final feliz; nesta história querem dar a Deus um papel que não condiz com sua posição de soberania, poder e majestade, ignorando tudo isto querem que Deus divirta o público, que faça algo agradável para o ego deles e assim não passe de um mero palhaço… talvez neste ponto a psicanálise tenha razão, os homens criam o deus à sua Imagem (idéia de Feuerbach ao ridicularizar a religião), se andassem feito cavalos, Deus com certeza, teria um andar de cavalo, ou se relinchassem feito um asno, Deus assim também o faria, pois, são narcisistas, nada mais, e não é de espantar que o deus deles, reflitam a imagem que mais lhe agradem para que possa ser aceito pelos tais.